O governo do Pará alertou os prefeitos da região do Baixo Amazonas sobre a necessidade de mais restrições para conter a segunda onda da covid-19 no Oeste do Estado. Em reunião nessa quinta-feira (21), o governador Helder Barbalho reforçou a importância de os municipais decretarem medidas mais restritivas, para que a situação não saia de controle.

“Na semana passada, mudamos o bandeiramento desta região, e fizemos com que estivéssemos em um estágio de alto risco, o bandeiramento vermelho. Peço a todos os prefeitos que possam, no âmbito municipal, replicar, fazer os decretos municipais, fazer constar e valer junto com a estrutura do Estado o convencimento da sociedade, de que isto é um ato necessário para proteger a nossa população”, reforçou o governador.

Com o objetivo de dialogar com os gestores dos municípios da região, Helder Barbalho ainda destacou a importância do planejamento pelas prefeituras, para que o sistema de saúde não entre em colapso.

“As medidas são um ato necessário para proteger a nossa população, para que o nosso sistema de saúde possa salvaguardar a vida, para que nós possamos garantir a oferta de leitos, oferta de serviços e atendimento. Porém, nós não devemos menosprezar os riscos e, consequentemente, assistir aqui às cenas que vimos no estado vizinho, o Amazonas”, reiterou o governador.

Na ocasião, o prefeito de Santarém, Nélio Aguiar, disse que “algumas medidas de restrição já foram adotadas aqui no nosso município, com orientação do Estado, e isso tem sido fundamental. Além do suporte que estamos recebendo, como a ampliação de leitos”.

Também participaram da videoconferência o prefeito de Faro, Paulo Carvalho; o prefeito de Mojuí dos Campos, Marco Antônio; o secretário de Saúde de Mojuí dos Campos, Glayton Carvalho; o prefeito de Alenquer, Tom Farias; o vice-prefeito de Oriximiná, Argemiro Diniz; a prefeita de Almeirim, Lúcia do Líder; o prefeito de Curuá, Givanilson Picanço; Alberto Pingarilho, da Secretaria Municipal de Saúde de Prainha; Jardel Vasconcelos, prefeito de Monte Alegre; o coordenador do Núcleo de Relações com os Municípios, Josenir Nascimento, e o secretário adjunto de Saúde Pública, Sipriano Ferraz.

 

 

Fonte: O Liberal
Foto: Marcos Santos/Agência Pará